1984; George Orwell

Literatura universal contemporânea do século XX. Novela de ficção. Argumento e temas. Vida e obra do autor

  • Enviado por: Toti
  • País: Chile Chile
  • 3 páginas
publicidad
publicidad

Biografia de George Orwell (Eric Arthur Blair)

Escritor britânico que nasceu o 25 de junho de 1903 em Motihari, Índia, e cursou estudos no Eton College da Inglaterra graças a uma bolsa. Prestou seus serviços na Polícia Imperial Índia destinado em Birmania, (1922-1927) Doente e lutando por abrir-se caminho como escritor, sofreu durante vários anos a pobreza, primeiro em Paris e mais tarde em Londres. Fruto desta situação é seu primeiro livro Sem branca em Paris e Londres (1933), onde narra as difíceis e sórdidas condições de vida das gentes sem lar. Dias em Birmania (1934), é uma critica inmisericorde contra o imperialismo, e em certa medida, uma obra autobiográfica. Sua seguinte obra, A filha do Reverendo (1935), é a história de uma solterona que encontra seu sítio vivendo entre os camponeses. Em 1936 foi um dos voluntários que lutaram no exército republicano durante a Guerra Civil espanhola (1936-1939). George Orwell descreve sua experiência bélica em Homenagem a Catalunha (1938), um dos relatos mais comoventes escritos sobre esta guerra. O caminho a Wigan Pier (1937), escrita nesta mesma época, é uma crônica sobre a vida dos mineiros sem trabalho no norte da Inglaterra.

Sua condenação da sociedade totalitaria fica também plasmada em uma fábula de caráter alegórico, Rebelião na granja (1945), baseada na traição de Stalin à Revolução Russa, bem como na novela satírica 1984 (1949). Esta última oferece uma descrição aterradora da vida baixo a vigilância constante do "Grande Irmão".
Outros escritos são, a novela Que voe a aspidistra (1936) e Disparando ao elefante e outros ensaios (1950) e Assim foram as alegrias (1953) Em 1968 se publicaram em quatro volumes seus Ensaios Completos: Jornalismo e Cartas. Orwell morreu de tuberculose em janeiro de 1950.

Análise de Personagem

Winston Smith: No mundo que vivemos, Winston parecesse ser uma pessoa comum. Mas no mundo no qual vive, comparando com o resto da população, resulta ser um homem admiravelmente inteligente e seguro; que embora actuava igual que os demas humanos de seu epoca, habia algo que o incentivava a ir mas alla, a averiguar se todo era como lhe decian e até refutar sobre a verdade da estranha forma como vivian. Esse “algo” era sua maior caraterística: creia em seus instintos, em seus corazonadas e em seu sentimento, coisa que O partido se habia encarregado de apagar no resto dos humanos.

O Grande Irmão: O era um ser fictício. Habia sido criado pelo Partido para que os cidadãos os respeitassem. Ele era um suposto gênio, muito boa pessoa, muito preocupada por todos e quase um ser perfeito.

Ou´Brein: Ele pertenecia ao Partido Interior. Era muito inteligente, pois era capaz de dar resposta a todo o que lhe perguntassem. Era muito admirado por Winston e dominava à perfeccion o Doblepensar. Era, no ponto de vista externo, irônico, malvado e sinico, mas no ponto de vista do Partido, era a pessoa ideal.

Julia: Era uma mulher muito audaz e, ao igual que Winston, era uma da minoria. A diferença que o resto da população, Odiava ao Partido e vivia ingeniándoselas para poder debochar à Policia do Pensamento e às regras do Partido. Não tênia cria muito grandes, pois nesse ambito parecia estar resignada a sua vida.

Charrington: Ao princípio da novela apresenta-se como um idoso amante do passado, um colecionista que vivia em um mundo aparte: sua loja. Depois resulto ser um Policia do Pensamento. Esta mudança deve-se a que, como todos os Policias e integrantes do Partido, dominava o Doblepensar.

Síntese

Primeira Parte

  • A novela começa com o relato da vida de Winston Smith, um homem que como todos os habitantes da Oceania, vivia resignado ao Partido. Aqui descreve-se como vivian os cidadãos de modo geral, vigiados simpre por uma telepantalla, com medo à Policia do Pensamento, e resignado ao simpre presente Grande irmão. A diferença dos demas, Winston odiba tudo isto. É asi como decide escrever um diário der vida, coisa completamente proibida nesses tempos.

  • Winston admite, com muito medo, que odeia ao Grande Irmão. Depois tem uma experiência com uma vizinha, onde se compreende como os meninos são educados de forma de Amar ao ser que Winston tanto Odiava.

  • Na noite, Winston sonha com sua mãe e acorda nele uma inquietude pelo passado.

  • No trabalho, Winston estava encarregado de mudar “o passado”. Fá-lo muito bem, graças a seu domínio da Neolengua. Graças a todas as falsificações que o habia fato, suas vontades de lutar contra O Partido começam a florescer.

  • Na hora de colación, pode ser apreciado a decadente forma de viada que todos llebaban. Winston conversa com Syme, um dos criadores do 11ª dicionário da Neolengua.

  • Winston escreve em seu diário a vergonhosa história de seu casal com Katherin, quem habia desaparecido deixando-o impossibilitado de ter qualquer relacion com outra mulher.

  • Winston dedica-se a meditar. Ele acha que a unica salvação esta nas Proles. Tambien dá-se conta como O Partido controla à população, mas não descobre o por que.

  • Winston sai a caminhar para onde vivian as proles em busca de informação sobre o passado. Lugo de muitas experiências, de conversar com um velho e de entrar a uma Taverna, não consegue informação alguma, mas se conhece a Charrington, um idoso que vivia na loja onde habia comprado seu diário. Conversa muito com o, e suas vontades de lutar contra o partido aumentam. Ao sair, encontra-se com uma mulher do partido, que Winstonconocia pois lhe habia chamado a atenção anteriormente. Era muito estranho o tê-la encontrado nesse local, asi que com muito medo, escapa. Ao chegar a sua habitação, pensa em Ou´Brein, homem do partido que Winston estava seguroi que estava de seu lado, devido a um estranho sonho que habia tido.

Parte Segunda

  • Winston encontra-se com a extarña mulher, que de uma muito disimulada forma lhe entrega um papel no qual este escrito Te Quero. Assombrado, Winston decide falar com ela, e depois de muitas tentativas o consegue. Põem-se de acordo para voltar a juntar-se; decidem ir para as periferias, longe das Telepantallas.

  • Winston se junta com a mulher, onde a conhece e começa a se apaixonar dela. Descobre que ela tambien odeia ao partido, embora de outra forma.

  • Julia e Winston separam-se, mas decidem que vão seguir se vendo a escondidas.

  • Winston e Julia arrendam uma habitação do senhor Charrington, para poder ser visto tranquilo e viver felizes até que sejam surpreendidos pela Policia do Pensamento. Aqui juntam-se mas frequentemente e desfrutam de coisas que nunca pensaram possíveis.

  • Winston encontra-se com Ou´Brein, quem diz-lhe que o busce.

  • Julia e Winston vão em busca de Ou´Brein. Em sua casa, ambos ficam surpreendidos ao ver como Ou´Brein desliga a telepantalla. Aqui Ou´brein introdu-los à irmandade, e explica o funcionamento desta. Diz-lhe a Winston que lhe ia fazer chegar O Livro.

  • Winston, lugo da cansadora Semana do Ódio, começa aleerse O Livro, onde confirma todo o que habia especulado.

  • Depois de ller uma boa parte do livro, Winston e Julia enchem-se de esperança. Nesse momento, são capturados pela policia do pensamento, pois Charrington resultava ser um deles.

Terceira Parte

  • Winston encontra-se dentro do Ministério do Amor. Aqui o encirran em uma cela sem janelas, onde se encuntra com velhos camaradas e com Ou´Brein. A diferença dos velhos camaradas, Ou´Brein não era um prisioneiro.

  • Começam a Torturar a Winston. Torturava-o Ou´Brein. Lugo de haver confessado todo (até o que nunca habia fato), descobre que este não era o verdadeiro fim das torturas, senão que a reintegração.

  • Começa o processo de reintegração, que conciste em aprender, comprernder e aceitar. Lugo de passar por um estado mental e fisico deplorable, Winston começa a deixar-se vencer por Ou´Brein, mas com o fim de recuperar-se a ultimo momento e morrer feliz

  • Ou´Brein descobre as intenções de Winston, e tambien descobre que as poucas forças que lhe ficava eram graças a Julia, asi que decide enviar à Habitação 101.

  • Aqui utilizam como forma de tortura o mas odiado por Winston: as ratazanas. Ele se desespera tanto que chega a lhe desejar todo o mau que estava sofrendo a Julia, asi que Ou´Brein se dá por vencedor.

  • Winston é deixado em liberdade. Encontra-se com Julia onde se inteira que eela tambien o habia traído. Após esta conversa, Winston compreende que se habia vencido a se mesmo definitivamente; Amava ao Grande Irmão.