Estados Unidos

Colégio Licarayen

A Flórida

EXPERIMENTOS

FISICOS

Integrantes:

Curso: III médio B catemu

Data: 16/11/2001

  • Explica e desenha um manómetro.

  • MANOMETRO:

    Medidor de pressão; a maioria deles medem a diferença entre a pressão de um fluído e a pressão atmosférica local. Para pequenas diferenças de pressão emprega-se um manómetro que consiste em um cano em forma de Ou com um extremo conectado ao recipiente que contém o fluído e o outro extremo aberto à atmosfera. O cano contém um líquido, como água, azeite ou mercurio, e a diferença entre os níveis do líquido em ambas ramos indica a diferença entre a pressão do recipiente e a pressão atmosférica local. Para diferenças de pressão maiores utiliza-se o manómetro de Bourdon, chamado assim em honra ao inventor francês Eugène Bourdon. Este manómetro está formado por um cano oco de seção ovalada curvado em forma de gancho. Os manómetros empregados para registrar flutuações rápidas de pressão costumam utilizar sensores piezoeléctricos ou electrostáticos que fornecem uma resposta instantânea.

    Como a maioria dos manómetros medem a diferença entre a pressão do fluído e a pressão atmosférica local, há que somar esta última ao valor indicado pelo manómetro para achar a pressão absoluta. Uma leitura negativa do manómetro corresponde a um vazio parcial.

    • Como A e B estão à mesma altura a pressão na e em B deve ser a mesma. Por um ramo a pressão em B é devida ao gás encerrado no recipiente. Pelo outro ramo a pressão na é devida à pressão atmosférica mais a pressão devida à diferença de alturas do líquido manométrico.

    Experimentos de Física

  • Explica: Em que consiste o contador de Venturi?

  • O contador ou efeito Venturi; é um fenômeno que se produz em uma canalización horizontal e de seção variável pela que circula um fluído incompresible, sem viscosidade e se a circulação se leva a cabo em regime permanente.

    De acordo com o teorema de Bernoulli, a velocidade na parte estreita da canalización tem que ser maior que na larga, e por estar ambas à mesma altura, a pressão na parte larga é maior que na estreita. Por tanto, quando um fluído incrementa sua velocidade sem variar de nível, sua pressão diminui.

    Aplicações deste fenômeno são a trompa de água, que é um aparelho utilizado nos laboratórios para fazer o vazio, os canos de Venturi, que se empregam para medir volumes e criar depressões locais, os pulverizadores e o isqueiro Bunsen.

  • Nomeia aplicações do Teorema de Bernoulli.

  • O teorema aplica-se ao fluxo sobre superfícies, como as asas de um avião ou as hélices de um barco. As asas estão desenhadas para que obriguem ao ar a fluir com maior velocidade sobre a superfície superior que sobre a inferior, pelo que a pressão sobre esta última é maior que sobre a superior. Esta diferença de pressão fornece a força de sustentação que mantém ao avião em voo. Uma hélice também é um plano aerodinâmico, isto é, tem forma de asa. Neste caso, a diferença de pressão que se produz ao girar a hélice fornece o empurre que impulsiona ao barco. O teorema de Bernoulli também se emprega nos bocais, onde se acelera o fluxo reduzindo o diâmetro do cano, com a consequente queda de pressão. Assim mesmo aplica-se nos caudalímetros de orifício, também chamados Venturi, que medem a diferença de pressão entre o fluído a baixa velocidade que passa por um cano primeiramente e o fluído a alta velocidade que passa por um orifício de menor diâmetro, com o que se determina a velocidade de fluxo e, por tanto, o volume.

  • Explica teoricamente um experimento relacionado com fluídos.

  • Neste experimento poderemos nos dar conta da pressão que exercem os líquidos estando detentos ou em repouso (HIDROSTATICA). Para começar devemos armar um dispositivo como o da figura:

    A parte da mangueira que forma uma "Ou" atua como manómetro; a esta parte da mangueira há que a carregar com tinta até a parte inferior da escala.

    O balão que tampa a boca do funil atua como diafragma.

    Uma vez armado o dispositivo, deve ser introduzido o funil no aquário com a boca deste para abaixo.

    Submergir o funil a diferentes profundidades, medindo na escala do aquário dito profundidade, e na escala do manómetro registrar a altura que atinge a tinta, esta indica a pressão do líquido à correspondente profundidade da boca do funil.

    Experimentos de Física

    Para acessar o documento na íntegra, nós convidamos você a fazer o download do documento.
    Descarregar
    43 Kb
    Compartilhar este documento :

    Não há comentários para mostrar.

    Crie uma conta ou entre para comentar

    Você precisar ser um membro para fazer um comentário

    Criar uma conta

    Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!


    Crie uma nova conta

    Entrar

    Já tem uma conta? Faça o login.


    Entrar Agora
    ×