Estados Unidos

TOXICIDAD EM SISTEMA NERVOSO CENTRAL.

EFEITOS SECUNDÁRIOS DA RADIOTERAPIA CRANIANA.

Modalidades de radioterapia:

Externa:

  • Dose única:

        • RADIOCIRUGIA.

  • Dose fraccionada:

        • RT CONCENCIONAL.

        • RT. EF.

        • IMRT.

Interna:

    • Braquiterapia.

    • RIO.

TOXICIDAD.

Aguda:

  • Leve, transitória.

  • Edema.

Subaguda:

    • 2-6 meses depois de finalizar o tratamento. Desmielinizacion, perde o que recobre o tecido. É transitória, pode precisar tratamento (corticoides) ou não.

Tardia:

  • Grave, irreversível.

  • Precisa tratamento de suporte.

FATORES QUE AUMENTAM A TOXICIDAD CEREBRAL.

  • Idade menores de 5 anos e maiores de 50-60 anos.

  • Grandes volumes de irradiación: Holocraneo.

  • Fracionamentos alterados.

  • Intensificação de dose (> 60Gy).

  • Técnicas de irradiación inadequada.

  • Combinação de tratamentos.

EFEITOS SECUNDÁRIOS DA RADIOTERAPIA CRANIANA.

  • Mielopatia.

  • Dose >45Gy (2Gy/DIA).

    Expressão clínica inferior ao nível irradiado.

    Diagnostico de exclusão: Diagnostico sem biópsia, sem imagem.

    T. Aguda: Vascular.

    T. Subaguda: Síndrome de Lhamitte, parestesias (choques) em pescoço, coluna e pernas. Não há tratamento específico. Resolve-se aos 3-6 meses. Podem ser usado corticoides.

    T. Crônica: Parestesias, debilidade e baixa percepção da dor. É progressiva. Não há tratamento eficaz.

  • Encefalopatía.

  • T. Aguda: Edema cerebral. Tratamento com corticoides.

    T. Subaguda.: Desmineralización (reversível). Tratamento com corticoides. Focalidad neurológica.

    T. Crônica: Produz-se radionecrosis: dose >60 Gy.

    Focalidad neurológica junto de hipertensão intracraneal.

    Diagnostico diferencial com recidiva tumoral realizasse-se PET e biópsia.

    Variante precoz: RC (radiocirugia)

    Tratamento com corticoides.

  • Deterioro neurocognitivo. LEUCOENCEFALOPATIA.

  • Alteração na substância branca.

    Radioterapia holocraneal estão preexpuestos a leucoencefalopatia por:

        • Metástasis cerebrais.

        • Microcitico de pulmão.

        • Meninos com leucemia linfoblástica aguda (LLA).

    Tratamento com corticoides, não esta provada a eficácia, mas melhoram os sintomas do paciente.

    Adultos voltam a sua atividade normal.

    Meninos programa educacionais especiais.

  • Endocrinológicos.

  • A irradiación no hipotálamo- hipofisiarioi origina HIPOPITUITARISMO.

    Vê-se afetada o hormônio do crescimento em meninos produzindo problemas em sua altura já que crescem pouco.

    Tratamento: administração do hormônio deficitaria.

  • Neuropatías Ópticas.

  • Existe alto risco quando:

    • RTEF >54 Gy fraccionada.

    • RC >8Gy dose única.

    Latencia de 1-5 anos (2,5 anos). É o tempo que passa desde o tratamento de RT até que aparecem os efeitos secundários.

    Defeito compimetrico: CEGUEIRA.

    Dividimos o olho em quatro quadrantes. Defeito em um dos campos.

    É irreversível, não há tratamento eficaz.

  • ORL.

  • Fatores de risco:

    • Dose em coclea (órgão do ouvido) >50Gy.

    • Concomitancia com quimioterapia com platino.

    • RC de neurinomas da fossa posterior (cerebelo)

    Tratamento da vertigem com corticoides.

    Segundos tumores.: a latencia é de 10-20 anos. Sarcomas, meningiomas e gliomas.

  • Radiocirugia.

    • Edema: cefalea, febre que se trata com corticoides.

    • Radionecrosis.

    • Obliteración vascular (obstrução de um copo).

    • Vômitos 6-12 horas (fossa posterior).

    • Convulsões 48-72 horas.

    • Hidrocefalias: dilatación dos ventrículos cerebrais.

    Acréscimo de tamanho transitório: perningiomas e neurimas.

    • Neuropatías:

          • Óptica >8 Gy.

    TOLERÂNCIA SNC À RADIOTERAPIA.

    TD 5/5

    TD 50/5

    1/3

    2/3

    3/3

    1/3

    2/3

    3/3

    CÉREBRO

    60 Gy.

    50 Gy.

    45 Gy.

    75 Gy.

    65 Gy.

    60 Gy.

    TRONCO

    60 Gy.

    53 Gy.

    50 Gy.

    ---

    ---

    65 Gy.

    NERVO OPTICO

    ---

    ---

    50 Gy.

    ---

    ---

    65 Gy.

    Para acessar o documento na íntegra, nós convidamos você a fazer o download do documento.
    Descarregar
    48 Kb
    Compartilhar este documento :

    Não há comentários para mostrar.

    Crie uma conta ou entre para comentar

    Você precisar ser um membro para fazer um comentário

    Criar uma conta

    Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!


    Crie uma nova conta

    Entrar

    Já tem uma conta? Faça o login.


    Entrar Agora
    ×