Volume, massa e densidade

Física. Mecânica. Magnitudes. Medições. Sistemas de Medidas

  • Enviado por: O remetente não quer revelar o seu nome
  • País: Colômbia Colômbia
  • 13 páginas
publicidad
publicidad

INDICE

1. Justificativa

2. Objetivo

3. Enquadramento teórico

3.1 Densidade

3.2 Volume

3.3 Massa

4. Materiais

5. Procedimento

6. Resultados

6.2 Perguntas do livro

7. Análise de resultados

8. Conclusões

9. Bibliografia

  • JUSTIFICATIVA

  • Realizamos este laboratório com o fim de aprender a determinar o volume, a massa e a densidade de diferentes corpos e substâncias. Também esperamos poder relacionar as propriedades da matéria, com os princípios da medição e o sistema internacional de medidas.

  • OBJETIVO

  • O objetivo deste laboratório é relacionar as propriedades da matéria com os princípios fundamentais da medição e o sistema de medidas. E mediante a medição e a observação, e o eficiente e responsável emprego dos materiais do laboratório, determinar a massa, volume e densidade de vários sólidos ( regulares e irregulares ) e líquidos comuns na vida diária, como o azeite.

  • ENQUADRAMENTO TEÓRICO

  • Já que na química baseia-se no estudo da matéria e suas propriedades, é preciso unificar formas de obter valores comparáveis para as diferentes propriedades da matéria. Isto se conseguiu mediante o estabelecimento de padrões internacionais.

    Os padrões internacionais correspondem aos do sistema métrico e o sistema internacional de medidas ( S.I )

    3.1 Densidade

    A densidade é uma propriedade física das substâncias que relaciona sua massa com o volume, portanto se considera uma unidade derivem a. Representa-se com a letra D

    Para determinar a densidade de um sólido ou um líquido é necessário ter a massa e o volume deste. Para este fim utiliza-se a seguinte fórmula:

    D = M / V

    Geralmente as unidades de massa são gramas, sobre unidades de volume ( cm3 , ml )

    D = g / cm3

    3.2 Volume

    O volume é o espaço que ocupa uma porção de matéria. No sistema internacional de medidas ( S.I ), a unidade do volume é o metro cúbico ( m3 ). Nas práticas o metro cúbico era demasiado para trabalhar com líquidos, por isto se utiliza o litro, que é a unidade de padrão de volume no sistema métrico

    1L = 1000 cm.3

    1L = 1000 ml

    1 cm. 3 = 1 ml

    3.3 Massa

    A massa é a quantidade de matéria que possui um corpo. Estabeleceu-se como regular de referência o kilogramo ( Kg. ), a unidade de massa de maior uso no estudo da química é a grama ( g. ), o qual equivale a uma milésima parte do kilogramo

    1 Kg. = 1000 g.

    1 g. = 1000 mg.

  • MATERIAIS

      • Bata

      • Balança

      • Tubo de ensaio

      • Pipeta

      • Objetos regulares

      • Sólidos irregulares

      • Água

      • Álcool

      • Leite

      • Azeite

      • @Arena

      • Aserrín

      • Farinha

  • PROCEDIMENTO

      • Tomar os sólidos de forma regular, mediante a medição de seus lados, determinar seu volume, e usando a balança, determinar sua massa. Após ter seu volume e massa, calcular a densidade, aplicando a fórmula, antes mencionada ( D = M / V ).

      • Tomar o tubo de ensaio, secá-la e pesá-la. Tomar nota deste valor

      • Agregar com a pipeta, de 5 a 15 cm. 3 de algum dos líquidos que se têm ( azeite, álcool, e leite ), e voltar apesar o tubo de ensaio, com o líquido em seu interior e tomar nota do resultado. Determinar a massa do líquido restando ao resultado obtido, a massa do tubo de ensaio. Depois, calcular a densidade.

      • Repetir este último passo, com os líquidos restantes

      • Agregar ao tubo de ensaio um volume de @arena seca entre 10 e 20 cm3 , pesá-la e anotar o resultado. Determinar a massa da @arena restando ao valor obtido, a massa do tubo de ensaio. Depois, determinar a densidade

      • Repetir o procedimento com o aserrín e a farinha.

      • Tomar o sólido irregular e achar-lhe a massa, usando a balança. Depois, submergir o sólido em um tubo de ensaio com aprox. 50 cm.3 de água. Calcular o volume do sólido pela deslocação de água e determinar a densidade

  • RESULTADOS

  • Materiais Medidos

    Volume

    ( V )

    Massa

    ( M )

    Densidade

    ( D )

    Rascunho

    3 cm.3

    5.1 g.

    1.7 g. / cm.3

    Canica

    8 cm.3

    4.5 g.

    0.562 g. / cm.3

    Líquido 1.

    Leite

    12 cm.3

    Tubo de ensaio = 80.7 g.

    Tubo de ensaio + Líquido = 92.5g.

    Líquido = 11.8 g.

    0.98 g. / cm. 3

    Líquido 2.

    Álcool

    5 cm.3

    Tubo de ensaio = 80.7 g.

    Tubo de ensaio + Líquido = 83.5g.

    Líquido = 2.8 g.

    0.56 g. / cm3

    Líquido 3.

    Azeite

    10 cm. 3

    Tubo de ensaio = 80.7 g.

    Tubo de ensaio + Líquido = 90.4g.

    Líquido = 9.7 g.

    0.97 g / cm.3

    @Arena

    20 cm.3

    Tubo de ensaio = 80.7 g.

    Tubo de ensaio + @Arena = 106.7g.

    @Arena = 26 g.

    1.3 g. / cm.3

    Aserrín

    30 cm3

    Tubo de ensaio = 80.7 g.

    Tubo de ensaio + Aserrín = 83g.

    Aserrín = 2.3 g.

    0.076 g. / cm.3

    Farinha

    10 cm. 3

    Tubo de ensaio = 80.7 g.

    Tubo de ensaio + Farinha = 87.6g.

    Aserrín = 6.9 g.

    0.69 g. / cm.3

    Sólido Irregular

    Plastilina

    7 cm.3

    9.g

    1.28 g. / cm.3

    6.2 PERGUNTAS DO LIVRO

    6.2.1 Consulte a densidade de outras substâncias que pôde utilizar na experiência e ache a percentagem de erro de acordo com os dados obtidos por ud

    R. Nossa percentagem de erro no azeite foi de 25.21 %:

    ( 0,97-0,8 ) /0,8 x 100 = 25.21.

    6.2.2 Compare as densidades de 3 líquidos e 3 sólidos diferentes. Explique porque são diferentes

    R. Ao comparar as densidades de três sólidos e três líquidos diferentes, sabe-se a partir dos dados de massa e volume da cada um deles, os quais são diferentes, por isto a densidade na cada caso vai variar tanto nos líquidos como nos sólidos.

    6.2.3 Quando se mistura água e azeite, uma das 2 substâncias vai ao fundo. Qual delas vai ao fundo e porque?

    R. A água vai-se ao fundo como possui uma densidade maior ( 1 g. / cm. 3 )

    6.2.4 Porque uns sólidos flutuam na água, e outros não?

    R. A flotabilidad de um corpo é um problema de equilíbrio de forças.

    Como há materiais que aparentemente flutuam mais que outros. Seria necessário fazer experimentos para estudar a flotabilidad segundo o tipo de material.

    Parece que a forma do objeto é um fator importante (estrutura dos capacetes dos barcos, corpo dos animais que flutuam: medusas, insetos, peixes com vejiga natatoria)

    Flutua-se de forma diferente em água doce que em água salgada. Ademais em água doce, a piscina, encosta mais nadar que no mar.

    6.2.5 Consulte outros procedimentos para determinar a densidade de um liquido

    R. A densidade pode ser obtido de várias formas. Por exemplo, para objetos maciços de densidade maior que a água, se determina primeiro sua massa em uma balança, e depois seu volume; este pode ser calculado através do cálculo se o objeto tem forma geométrica, ou submergindo em um recipiente calibrando, com água, e vendo a diferença de altura que atinge o líquido. A densidade é o resultado de dividir a massa pelo volume. Para medir a densidade de líquidos utiliza-se o densímetro, que fornece uma leitura direta da densidade

  • ANALISIS DOS RESULTADOS

      • A cada sólido ou líquido possui uma densidade diferente aos demais, já que tudo isto depende de sua massa e seu volume, e estes são valores que variam de acordo ao elemento

      • Sem ter a equipe adequada, as medições podem resultar inexatas. Mas não basta com ter a equipe, senão com o saber utilizar, já que elementos como a balança requerem de precisão e responsabilidade

  • CONCLUSÕES

      • A densidade dos sólidos e/ou líquidos varia segundo sua massa e volume

      • A correta, responsável e eficiente manipulação dos elementos do laboratório implica a uma rápida e satisfatória finalização do mesmo, com bons resultados, como este relatório.

      • Esta pratica nos mostra a importância de relacionar as propriedades da matéria com princípios de medição e com o sistema de medidas

  • BIBLIOGRAFIA

    • CARDENAS, Fidel A, e colaboradores, Química e Ambiente 1, Editorial McGraw Hill, Publicado 2002, Colômbia.

    • ROSSOTTI, Hazel, Introdução à química, Salvat Editores, Publicado 1986, Barcelona

    • Enciclopédia Encarta 2000 ®, busca por densidade “”, Microsoft Corporation, 2002